23/03/2008

Luiz Americano 1958 "Chora Saxofone" [RCA Victor BBL 1005]

É uma grande honra postarmos aqui um disco do clarinetista Luiz Americano, tanto pela raridade como pela qualidade e importância. A história musical de Luiz Americano se confunde com o desenvolvimento da música popular no Brasil. Filho de mestre de banda, Luiz Americano Rêgo nasceu em Aracaju no ano de 1900. Com o pai iniciou os estudos no clarinete aos 13 anos de idade. Ingressou no exército como músico instrumentista e viajou para o Rio de Janeiro, deixando a farda aos 22 anos para iniciar a longa carreira de músico profissional na então capital federal. A partir da década de 20 grava e se apresenta com as mais importantes orquestras do período, como as de Justo Nieto, Romeu Silva, Simon Boutmann, Raul Lipoff e outras, além de atuar em inúmeros conjuntos regionais. Depois de uma temporada trabalhando na Argentina, Luiz volta ao Rio e funda um dos primeiros conjuntos de jazz a surgirem no Brasil. Por não gostar de viajar deixou de acompanhar Carmen Miranda nos Estados Unidos, no entanto mesmo sem ter ido à terra do jazz, ganhou elogio do mestre do clarinete Benny Goodman.

Luiz Americano era veterano quando gravou este LP para a RCA Victor em 1958, ao lado de um conjunto regional para registrar um apanhado sublime de choros e valsas. Na maioria composições próprias anteriormente gravadas, ao lado de números de Joubert de Carvalho, Eduardo Patané e outros. Coisa muito séria. O que ouvimos aqui é o sax e a clarineta rirem e chorarem alternadamente, brincando com os sentidos do ouvinte com leveza e ironia impressionantes, nos transportando a uma outra dimensão onde a música é coisa divina, saída direto do coração e tocada por anjos.

Luiz Americano 1958 “Chora Saxofone” [RCA Victor BBL 1005]

01 Lágrimas de Virgem [Luiz Americano]
02 Numa Seresta [Luiz Americano]
03 Suely [Eduardo Patané]
04 Léa [Luiz Americano]
05 Assim Mesmo [Luiz Americano]
06 É do Que Há [Luiz Americano]
07 Lêda [Luiz Americano]
08 Tempero da Chiquinha [Luis de Souza, M. H. Santos]
09 Negrinha [Joubert de Carvalho]
10 Valina [Luiz Americano, Daniel Lustosa]
11 Choro de Caetetu [M. H. Santos, Salin Salomão]
12 Garrincha [Luiz Americano]

10 comentários:

Toque Musical disse...

Grande postagem! Mais uma vez, você tem nos trazido jóias raras e esquecidas.
Obrigado!

thiago mello disse...

Valeu Toque Musical, muito obrigado!! Parabéns pelo seu blog também, está muito bom, tô sempre dando uma olhada por lá. Muito obrigado mesmo. Um abraço.

Davi disse...

Parabéns pelo blog, ótimo conteúdo!

Gostaria de compartilhar meu site/blog que tem bastante conteúdo sobre música banco de partituras:

www.outrosventos.com.br

Abraços

FeraMp3 disse...

Opa blog de muita qualidade, gostei muito.

Ae podemos fazer uma parceria com nossos blogs?

http://feramp3.blogspot.com

Abraços

Tiago "Huhn" disse...

blog excelente! grato pelas obras!

Anis disse...

Ahh legal!
Minha família toda é de Aracaju!
E nunca vi nínguem comentar sobre ele.
Estou tentando baixar as músicas pra dar uma conferida!
Primeira vez que passo aqui no blog, mas pode ficar tranquilo, que não vai ser a última!
:*

Bernardo disse...

Olá, Thiago Mello. Eu sou Bernardo Sanches e vou produzir um trabalho acadêmico sobre os 50 anos de Bossa Nova..gostaria muito de fazer uma entrevista contigo, que é um especialista no assunto..
Srá que é possível, mesmo que por e-mail?
Desde já muito obrigado!
meu contato: bernardo.sanches@gmail.com

thiago mello disse...

Valeu Davi, muito obrigado pela visita e pelo elogio, fico muito feliz, obrigado pelo link também. Um abração!

Valeu FeraMP3 estamos às ordens! Um abração!

Obrigado Tiago "huhn", um grande abraço e apareça sempre!!

Anis querida, muito obrigado! Que bom que vc tenha gostado, espero que o pessoal de Aracajú possa prestigiar o trabalho do seu filho ilustre Luiz Americano, que é de primeira... Um abração.

Olá Bernardo, estamos às ordens! Vou te enviar as respostas por email. Um grande abraço e muito obrigado pelo convite.

Quero agradecer a todos que entram nos coments e deixam suas opiniões, links e mensagens. É sempre muito importante! Este trabalho todo é feito com muito carinho e dedicação, querendo sempre manter o mesmo padrão de qualidade no que é oferecido de graça a todos que se interessarem. Um grande abraço e muito obrigado!

Letícia disse...

Adoreia postagem...
Hoje conversando com minha vó ela estava se queixando que não ouvia falar nada sobre o pai ai resolvi pesquisar quem era me bisa e conhecendo a historia dele gostei muito de saber que ele foi um grande saxofonista

Anônimo disse...

Que pena !
Tiraram o link ou a postagem...
Poderia reposta-lo,por favor?
grata
mignez