23/03/08

Norberto Baldauf e Seu Conjunto 1960 "Encontro Dançante" [Odeon MOFB 3137]


Este disco com o Conjunto do Norberto Baldauf é um pequeno tesouro perdido. Foi gravado pela Odeon em 1960, quando o conjunto gaúcho já era bastante conhecido e tinha vários discos lançados. “Encontro Dançante” a primeira vista parece um disco comum, no padrão da época. O repertório é incrível, com músicas que então faziam sucesso e até números da bossa nova, como “Este Seu Olhar”, “Brigas Nunca Mais” e uma belíssima versão de “Eu Sei Que Vou Te Amar” todas de Antônio Carlos Jobim, sendo que as duas últimas com letras de Vinicius de Moraes. Vale destacar ainda as latinas “La Barca”, “El Bodeguero” e também a italiana e divertida “Scapricciatiello”.

“Encontro Dançante” impressiona pela técnica, variedade e criatividade do conjunto e também pela sonoridade do registro em estúdio. Há som de órgão com Solovox, guitarra elétrica, piano vigoroso, acordeon, baixo marcante, ritmo sincopado e um eventual coro. São elementos simples que tomam dimensões inesperadas. Pode-se ouvir a satisfação dos músicos ao interpretar com tanto brilho e força canções mesmo singelas, que se tornam quase brincadeira irresistível de dança. Aliás, é um disco “Para Dançar” conforme se dizia na época, de primeiríssima qualidade...



01 Bom Que Dói [Luis Bonfá]
02 La Barca [Roberto Cantoral]
03 A Certain Smile [Paul Francis Webster, S. Fain]
04 Este Seu Olhar [Antônio Carlos Jobim]
05 Tu Me Acostumbraste [F. Dominguez]
06 To The Ends Of The Earth [J. Sherman, N. Sherman]
07 Scapricciatiello [F. Albano, P. Vento]
08 Da Cor do Pecado [Bororó]
09 El Bodeguero [E. R. Egues]
10 Brigas Nunca Mais [Antônio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes]
11 Non Dimenticar [P. G. Redi, M. Galdieri]
12 Eu Sei Que Vou Te Amar [Antônio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes]

9 comentários:

Simon Boutman disse...

Este disco é espetacular!
Eu sou fã do conjunto do Norberto, e de todos os discos dele que eu já escutei, este é o que mais me agradou - embora os outros sejam todos muito bons também.
Grande sacada do Norberto em gravar Scapriciacello (é assim?) em ritmo de Samba. Nota dez!

thiago mello disse...

Fico muito feliz que você tenha gostado tanto! Este disco é fantástico mesmo, o mínimo que eu poderia fazer é dedicar esta postagem a você e a todo o acervo que voce disponibilizou através de seu blog. Um grande abraço!

Simon Boutman disse...

Poxa, muito obrigado!

Mas... não fiz nada de mais, estou apenas contribuindo para preservação de nossa memória musical. Aliás, assim como você e este magnífico blog, que na minha opinião é o que mais tem classe entre os que divulgam nossa música.

Forte abraço!

Anônimo disse...

Tive o prazer de dançar com este conjunto como se dizia na época. Realmente é uma raridade fantástica este disco.Fumaça Genro de Diamantino-MT.

Vinylmaniac disse...

Thiago,
parabéns pelo seu sensacional blog! Precisamos estudar com mais carinho ainda ( se isto fôr possivel) a contribuição da música do sul do país no desenvolvimento da mpb dita moderna. Norberto, Breno Sauer, Primo, Conjunto Flamingo e outros, são conjuntos que demonstravam uma modernidade impressionante. Quando ouço Breno, por exemplo, com os instrumentos todos sendo tocados nas partes médias e graves, em uníssono, vibrafone ou piano, acordeon e a guitarra do espetacular Alemão (Olmir Stocker) fico me perguntando: será que não foi isto que o João Gilberto ouviu quando estava no Rio Grande do Sul e depois voltou para Diamantina e lá pariu a divisão rítimica que mudaria definitivamente o rumo da música brasileira? Para se pensar...
Um grande abraço e continue em frente!

Carlos - Sorocaba (SP) disse...

Sou fã do Conjunto Melódico do Norberto Baldauf, desde o lançamento do primeiro Ritmos da Madrugada. Não possuo todos os discos do conjunto, porém tenho esperança de encontrar aqueles que me faltam em algum "sebo" da capital de São Paulo. Gostaria de perguntar uma coisa: o conjunto ainda está em atividade ? Em caso positivo, informem, por favor onde está se apresentando. Gostaria muito de assisti-lo ao vivo e, porque não, dançar até não poder mais, com ele. Aguardo informações.
Emails para: carlosmaior@ig.com.br

thiago mello disse...

Pessoal muito obrigado pelos elogios ao blog e pelos comentários!!!
Infelizmente não tenho notícias se o Conjunto ainda está em atividade. Um abraço a todos!!

Osvaldo Alencar disse...

Que prazer encontrar um site como esse.
Tive o prazer imenso de conviver com o conjunto. Com apenas 13 anos, eu era contabaixista do Melódico Mocambo que tocava pelos bailes de POA. Especializamo-nos em clonar tudo do Norberto e por isso éramos chamados de "Os Baldaufinhos", como se pode ver em uma reportagem da Revista do Globo, de set/58, sobre o nosso Conjunto. Em certo baile de 15 anos no Teresópolis Tenis Clube demos uma "canja" no intervalo. Agradamos tanto que o Norberto nãopediu para que saíssemos doplaco e continuou tocando junto. Daí é que veio a reportagem sobre o Melódico Mocambo. Mas o disco que clonamos era de antes (algo como Dança das HOras) e trazia um relógio antigo na capa.
Alguém ainda tem?

woody disse...

Lá pelos anos 50/60 minha mãe era atriz e modelo, chegou a posar para uma capa de um disco cujo o conteudo não me lembro bem, mas acho que era música orquestrada, eu achei que aquele trabalho fora o único do gênero. Qual a minha supresa ao vela linda e jovem na capa de Norberto Baldauf e Seu Conjunto!!!

Obrigado pela agradável surpresa.
WOODY

P.S.
Caso se interesse em saber, o nome dela é Mariza Woodward