10/07/2006

Maysa 1963 "Les Inconscients" [Barclay France Compact 70526]

-
Maysa teve intensa carreira internacional e durante uma de suas temporadas na Europa, em 1963, ela registrou este compacto duplo com auxílio dos compositores Michel Magne e Eddy Marnay. No disco, é acompanhada por F. Aussman e orquestra, em quatro faixas inéditas no Brasil e nunca relançadas em nenhum formato. Um verdadeiro tesouro.
-
Três das faixas são cantadas em francês: as belas “Fin Du Jour” e100.000 Chansons” ou “Cent Mille Chansons” [música que foi tema do filme “Le Repos du Guerrier”, no Brasil O Repouso do Guerreiro” de Roger Vadim, 1962] e a bossa “Les Inconscients”, com lindo trabalho de violão - músico não creditado. A única em português é “Chega de Saudade”, clássico da Bossa Nova de Antônio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, que Maysa nunca mais registraria, e aqui está em uma versão de arrepiar.
~~
Barclay France Compact 70526
-
-
01 Les Inconscients [G Magenta, E Marnay]
02 Fin Du Jour [M Magne, E Marnay]
03 Cent Mille Chansons [M Magne, E Marnay]
04 Chega de Saudade [Vinicius de Moraes, Antônio Carlos Jobim]

10 comentários:

Onzichtbaredj disse...

Just saw your blog now. Very fine music, album art and info.
Bravo!
Obrigadinho

thiago mello disse...

Obrigadão!!!

Márcio de Souza - South Brazil disse...

Sensacional, cara! Acabei de descobrir o Bossa Brasileira. Sou fã da Maysa e vejo que aqui os álbuns dela aparecem com freqüência.

Continue assim. Parabéns.

So long!

thiago mello disse...

Márcio, que legal! Somos fãs da Maysa também, estamos sempre lembrando dela aqui. Em 2007 sai a biografia, o site e outras coisas... Estaremos informando tudo por aqui. Um abração!

Claudio disse...

Oi Thiago, parabéns pelo FANTÁSTICO
site de Bossa Brasileira! As raridades que você tem disponibilizado aqui são dignas do "GUINNESS"...
Acabei de baixar o compacto da Maysa cantando em francês...é de arrepiar! sensibilidade pura! Eu nunca vou esquecer que sempre que eu andava meio na "fossa", eu ia correndo ouví-la cantar "Ouça"...
Um Abraço e continue sempre com seu maravilhoso trabalho!

thiago mello disse...

Cláudio querido, muito obrigado por suas palavras. Não há retorno maior para mim do que comentários como o seu. Muito obrigado e espero que você goste dos novos presentes. Um abração.

Márcio Proença disse...

Thiago, parabéns pelo seu trabalho!!! Sou fá da Maysa e por esse disco eu não esperava. Levei um susto!! Cara já estou baixando. A minissérie da "Plim Plim" está um luxo aos meus olhos. Cara, qts anos vc tem? Eu tenho 38 e sempre ouvimos Maysa lá em casa qd eu tinha 6, 7 anos... Parabéns!!!! Te pergunto a idade porque geralmente são poucos os que têm a faixa de 30, 40 gostaren desse estilo de música, ou seja, música antiga. Eu e vc temos o sangue de pesquisadores... e sobre tudo bom gosto musical, amor à nossa música.
Um abraço
Márcio Proença
http://sombaratinho.blogspot.com

Lorena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lorena disse...

Pô galera, maravilhosa as informações sobre a vida da Maysa. Depois de ver a minissérie exibida pela Globo ''Maysa Quando fala o coração'' me apaixonei pela história e a carreira dessa mulher fantástica. E descobri a pouco esse link, virarei frequantadora com toda certeza! Se houver mais algum link ou textos sobre ela me informe por favor (lolo_ald@yahoo.com.br)desde já agradecida! Abraço

Fabrício Goulart disse...

Fantástico. Eu não sabia da existência desse compacto. Muito obrigado e parabéns pelo blog.