15/05/2006

Nilo Sérgio & Sua Orquestra 1959 "Dançando Suavemente" [Musidisc XLP3]

-
Em 1959 Nilo Sérgio lançou em sua gravadora, a Musidisc um LP diferente: clássicos modernos em um set sofisticado, porém os arranjos teriam que ficar a cargo do Maestro Carioca, seu primeiro mestre e incentivador musical. O resultado é “Dançando Suavemente” uma seleção primorosa de faixas entre o fox e o jazz, com a magia do teclado de Nilo, emoldurada pela orquestração multi-colorida do Maestro Carioca. “Blue Star”, “You do Something to Me”, “Speak Low”, “Fascination”, “Love Letters”, “Blue Moon” e outras fazem deste LP um clássico. A capa é do mestre Aldemir Martins, um grande artista visual brasileiro, falecido em 2005; fica aqui nossa homenagem. Meu muito obrigado também ao Simon Boutman por mandar 4 das faixas, que na minha cópia estavam em mal estado.
-
Musidisc Hi-Fi XLP3
-
01 Prefixo “Blue Star [the Medic Theme]” [Victor Young, Eduard Hayman]
02 You do Something for Me [Cole Porter]
03 Speak Low [Kurt Weil, O. Nash]
04 Linger Awhile [Vincent Rose, Harry Owens]
05 Blue Star [the Medic Theme] [Victor Young, Eduard Hayman]
06 Fascination [F. D. Marchetti]
07 Devaneio [Djalma Ferreira, Luiz Antônio]
08 Love Letters [Victor Young, Eduard Hayman]
09 Over the Rainbow [Harold Arlen, E. Y. Harburg]
10 Bongô Para Dois [Nilo Sérgio]
11 Blue Moon [Hart, Rodgers]
12 Sufixo “Blue Star [the Medic Theme]” [Victor Young, Eduard Hayman]

13 comentários:

Mauro R.V. disse...

Que beleza de disco! Musica da melhor qualidade. Adorei.
Obrigado! :-)

thiago mello disse...

De nada Mauro! Este é mesmo um discaço. Um abração e apareça sempre.

J.Aluizio disse...

Thiago, muito obrigado mesmo! Este disco é uma jóia rara. Imaginem a odisséia que era gravar um LP destes em 1959, sem nenhum dos recursos técnicos que temos hoje. Com uma orquestra deste porte, qualquer errinho de um músico, tinha que refazer tudo, ou editar a fita com gilete e adesivo.

thiago mello disse...

J. Aluizio, verdade mesmo! Este fato só faz aumentar o valor destas gravações. Numa época onde os cantores e instrumentos são "afinados" em computador é um alívio poder ouvir o milagre que o homem é capaz de fazer com a própria natureza, através de madeira, cordas, acústica e um pedaço esticado de crina de cavalo. Um grande abraço!

Pedro disse...

Thiago, parabéns pelo trabalho de resgate e valorização da música popular brasileira. Conheci a obra de Pattapio Silva através de seu blog; fiquei impressionado. Assim, como forma de homenagem, fiz um pequeno audiovisual com as fotos do artista e mais algumas imagens do Rio antigo tendo como fundo sonoro a música "O Sonho". Segue o link: http://br.youtube.com/watch?v=gH1t68-rZ4Q

PS. Como catarinense e músico foi muito gratificante saber da ligação de Pattápio Silva com a Ilha de Santa Catarina (Florianópolis).

Grande Abraço!

Pedro Bersi (souzabersi@hotmail.com)

michel.r.xavier disse...

Que bom que tem gente que se lembra do Nilo Sérgio... não deu pra eu conhecer mto... tenho 19 anos... sou o neto dele... agora que estou vendo o avô que eu tinha! HAhahah.. vlw pessoal!

Bossas disse...

Só hoje reparei bem nesta capa, e que capa! Lindíssima! Obrigado por esta digitalização com tão grande qualidade.

Você sabe se o autor desta é o mesmo que desenhou a capa do disco "Don Pablo de Havana" (a.k.a. Ed Lincoln)?

thiago mello disse...

Bossas, muito obrigado! Eu tenho o disco do Ed Lincoln [Don Pablo] e o estilo do desenho é bastante parecido, mas não possui a mesma riqueza de detalhes e nem traz a assinatura do Aldemir Martins. Talvez tenha sido apenas "inspirado" no trabalho dele. Mas há outro disco do Nilo Sérgio com outro desenho do Aldemir trazendo um peixe sob fundo branco. Se interessar, postamos ele aqui! Um abraço!!

Rogério Lopes disse...

Amigos. Gostaria de obter informações da Orquestra Romanticos de Cuba, afinal, ela é brasileira?
O selo da Orquestra (Musidisc) é o mesmo do Nilo e conta com alguns arranjos dele. Abraços.

Anônimo disse...

Sim, a Orquestra Românticos de Cuba é brasileira. É criação do Nilo Sérgio, que contratou e batizou a Orquestra Tabajara com este nome, já que na década de 50 e 60 as orquestras estrangeiras é que eram valorizadas no Brasil. Foi um artifício de grande sucesso.

Anônimo disse...

Complementando a informação sobre a Orquestra Românticos de Cuba...
Baixe aqui um PDF que conta a história dos músicos brasileiros e seus pseudônimos:

http://ensaios.musicodobrasil.com.br/maurocaldas-ojogodospseudonimos.pdf

Um abraço para todos!

Jorge.

Anônimo disse...

Como eu consigo baixar as músicas da orquestra Don Pablo de Havana? Tenho o Lp., mas, está empenado!

Antonio Magalhães disse...

Além da origem dos "Românticos de Cuba"... , tem-se "Albert Konrad" pseudônimo
do irmão de Severino: Jayme Araújo; em dois LPs/CBS (Ritmo Diferente). Col. AM